17 de abril de 2018

Sobre o vandalismo no Pateo do Collegio

A poetisa Frances de Azevedo, conselheira do Conselho Cívico e Cultural da ACSP, expressou de maneira brilhante o repúdio de todos nós ao Vandalismo no Pateo do Collegio com este belíssimo poema:


Sangra meu coração
Diante do vandalismo
Praticado contra nossa história:
A Casa de Anchieta
No Pátio do Colégio!

Sangra meu coração
Ao ver nossos jovens
Sem rumo, sem alma,
Nas ruas, sem família,
Com o Spray na mão!

Sangra meu coração
Ante a inércia do Estado
Na ausência de Políticas Públicas
(Apenas uma sigla a mais)
Sem função, sem razão!

Sangra meu coração
Onde CIVISMO
Nas Escolas, nas Ruas,
Não são vistos como fundamentais
Para vida coletiva!

Sangra meu coração
Onde a falta de RESPEITO
Aos valores primordiais
Da vida em sociedade
Esquecido está no peito
Do cidadão!

Sangra meu coração...

 

Frances de Azevedo (Abril/2018)