12 de julho de 2018

Atividades têm desempenhos extremamente desiguais, ressalta ACSP sobre varejo nacional em maio

São Paulo, 12 de julho de 2018. Alencar Burti, presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), comenta que a alta de 2,7% do varejo restrito em maio (sobre igual mês de 2017), divulgado hoje pelo IBGE, “não serve de parâmetro para a performance do setor ao longo do ano, visto que as atividades do comércio apresentaram desempenhos extremamente desiguais, ante a paralisação dos caminhoneiros”.

Burti cita como exemplo o ramo de combustíveis, que caiu 7,9% na variação anual, e o de supermercados, cujas vendas cresceram 8%. “Este segmento costuma trabalhar com estoque maior e viu uma corrida dos consumidores aos supermercados”.

Ele diz que “a paralisação impactou mais a indústria do que o varejo em função das entregas e foi um evento extraordinário não antecipado, que bagunçou a economia, sobrepondo-se, inclusive, a fatores conjunturais positivos”. Os fatores são o alongamento dos prazos, o crescimento do emprego e dos salários e a queda dos juros.   

Por fim, Burti declara que o comércio está longe de recuperar as perdas provocadas pela recessão: o varejo restrito está 7,1% abaixo do resultado recorde de outubro de 2014 e o ampliado encontra-se 16% inferior a março de 2012. “Mas acreditamos que o setor deve continuar a se recuperar ao longo de 2018 e nos próximos anos”, finaliza o presidente da ACSP.

 

Mais informações:
Renato Santana de Jesus
Assessoria de Imprensa
rjesus@acsp.com.br
(11) 3180-3220 / plantão (11) 97497-0287

Sobre a ACSPA Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em seus 123 anos de história, é considerada a voz do empreendedor paulistano. A instituição atua diretamente na defesa da livre iniciativa e, ao longo de sua trajetória, esteve sempre ao lado da pequena e média empresa e dos profissionais liberais, contribuindo para o desenvolvimento do comércio, da indústria e da prestação de serviços. Além do seu prédio central, a ACSP dispõe de 15 Sedes Distritais, que mantêm os associados informados sobre assuntos do seu interesse, promovem palestras e buscam soluções para os problemas de cada região.